Scott Pilgrim é um quadrinho criado por Bryan Lee O’Malley, um canadense, cuja primeira edição lançou em 2004. Na versão em inglês são 6 volumes, em português 3, todos em preto e branco. O bacana são as texturas, hachuras e sombreados que O’Malley usa na linguagem do quadrinho para as diversas situações que seus personagens se encontram.

Scott+Pilgrim+3     scott-pilgrim-scott-pilgrim-the-infinite-sadness-3-page-61

De uma maneira bem descontraída e cômica, ele apresenta os personagens através de diálogos e flashbacks. Scott é um jovem de 23 anos que toca em uma banda pouco conhecida da cidade de Toronto, a Sex Bob-Omb, com mais dois amigos – Kim e Stephen. Scott divide o quarto com seu amigo gay Wallace que está sempre levando garotos para lá e incentivando Scott a se mudar. Com fama de “pegador”, namora uma colegial, mas tudo muda quando conhece a incrível Ramona.

tumblr_lwqyl5KtRy1qeve6qo1_1280  scott_pilgrim_vs_the_world_trailer_2_image_28

Aos poucos se aproxima da curiosa jovem de cabelos coloridos, iniciando um romance. Os problemas de Scott surgem quando os dois começam a conhecer o passado um do outro (principalmente o de Ramona). Com SETE super-ex-namorados querendo derrotar Scott, disputas e lutas de diversos modos são travadas, desde skate até batalhas musicais.

scc Scott-Pilgrim-vs-the-World

Esse HQ virou jogo de vídeo-game e filme, lançado em 2010 com direção de  Edgar Wright. Como todo filme, algumas coisas são omitidas e levemente alteradas por conta do tempo que o espectador ficará sentado, mas não diminui a sensacionalidade que é o longa. Ele incorpora tudo que foi citado, desde os detalhes do HQ, a “Pee bars” em estilo pixelado e músicas.

Vale muito a pena ler a história de O’Malley, pois muitos detalhes curiosos foram cortados do filme e mostram a trama bem mais complexa onde os problemas do Scott não são resolvidos em apenas uma ou duas lutas com os ex da garota.