sacibobora

 

Maria disse que prefere o Saci.
Wellington disse que prefere o Halloween.

– Mas Wellington, o Saci é brasileiro, vamos parar de ficar idolatrando
a cultura norte-americana e ressaltar o que é nosso!

– Só que o Halloween é uma tradição secular carregada de diversos elementos
culturais e não dá pra passar despercebido… desapercebido, sei lá.

– O Saci é um marginalizado sem pernas, merece respeito!

– E o Halloween dá sentido às abóboras!

– Ah é?? Pois o meu Saci come todas as suas abóboras idiotas!

– Até ele ficar bem gordo e vir um Vampiro chupar todo o sangue dele!

– Se chupar o sangue mágico do Saci,  o vampiro morre!

– E se ficar sem sangue o Saci morre também!

Fim.

________________________________________________________________

“Por que não podemos sair todos fantasiados de vampiros, sacis,
abóbora, lobisomem, mula-sem-cabeça ou de Xuxa e irmos a uma
festa pelo simples 
prazer de estar com pessoas que gostamos?”

(DA SILVA, João Edgar Allan Poe.
“O Halloween brasileiro em tempos de Facebook”
. 2013 – Editora Hypebooks.)