Um texto sobre o (não) amor.

Estávamos as quatro sentadas na mesa de um bar, fingindo que era uma ocasião especial (como se não fizéssemos isso quase todos os dias), e entre um gole e outro, uns olhares pro lado, um flerte com o moreno da ...