O interesse em retratar a terceira idade envolvendo as dificuldades e angústias, levou a fotógrafa sueca Maja Daniels a conhecer as gêmeas Mady e Monette pelas ruas de Paris. Mais do que um ensaio fotográfico sobre gêmeas idênticas, as imagens conotam a forte conexão que existe entre as irmãs. A atenção de Maja foi roubada pela sincronia existente entre Mady e Monette, que também optaram por comungar uma vida inteira sem casamentos ou filhos. Em seu relato, a fotógrafa diz sobre os costumes enigmáticos que cercam estes personagens, fazendo-nos acreditar na simbiose entre ambas. Hábitos alimentares e vestimentas idênticas, a sincronia de pensamentos relevante de tal forma que uma completa as palavras da outra e já se percebem como “eu” e não “nós”. O relato de Maja contribui para uma leitura visual mais profunda e cheia de significado, onde o ensaio fotográfico não poderia ser de melhor qualidade.

Para ver mais fotografias e outros ensaios da fotógrafa, visite www.majadaniels.com